quinta-feira, 28 de novembro de 2013

O imã de idiotas

Soares é um rapaz relativamente comum, não fosse por sua inteligência e pela dose de sarcasmo existente em seus comentários. De modo geral, é um cara silencioso. Não conversa muito com aqueles que não conhece. Será este um mal contemporâneo? Bom, Soares é um cara da contemporaneidade que come, bebe, dorme e caga como todos aqueles de sua idade. Caminha pelas ruas sobre seus pés, um passo de cada vez. Hora assovia, hora cantarola, hora resmunga e por aí vai.
Gosta de bife bem passado e de beber refrigerante enquanto almoça. Nada de extraordinário, exceto sua incrível habilidade. O garoto possui o peculiar dom de atrair idiotas, não importa onde esteja. Seja no ônibus, na fila do açougue ou enquanto caminha com sua garota, Soares consegue chamar a atenção dos imbecis. Será seu cheiro?
A cena sempre se repete: O ambiente está silencioso, o som do vento é o único que ecoa pelo local. Soares se aproxima e... Pronto! Uma trupe de babacas resolve fazer barulho para o humilhar. Parecem macacos numa jaula. Será que ele possui algo que os idiotas almejam, porém não gostam de assumir? Vá saber.
Não se sabe se é uma patologia de nascença, algo que adquiriu no decorrer de sua vida ou um fardo de família. Claro que isso deixa Soares puto, afinal de contas, ele mesmo reconheceu e reafirma para si sempre que pode: Sou o imã de idiotas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário